Caixas Redutoras

As caixas redutoras de velocidade são concebidas para dar resposta às mais variadas aplicações em termos de potência, de geometria e de razão de transmissão requerida. São soluções robustas, de baixa manutenção e elevada longevidade.

Existem fundamentalmente dois tipos de redutores: Os de SEM FIM/COROA e os de ENGRENAGENS.

Os redutores SEM FIM/COROA são os mais vendidos. Os redutores fabricados pela TRAMEC e pela ELVEM são intercambiáveis com a maioria das caixas existentes no mercado. São oferecidos com uma ampla gama de razões de transmissão, entre 1:5 e 1:100 e podem ser montados em conjunto com caixas de pré-redução que lhes permitem multiplicar por três a razão de transmissão.

Também podem ser acoplados a variadores mecânicos de velocidade. A sua utilização é muito variada e, quando montadas em «tandem» permitem razões de transmissão muito elevadas.

Há vários tipos de REDUTORES DE ENGRENAGENS:

A VARMEC oferece uma gama de CAIXAS de SAÍDA EM LINHA, construídas quer em liga de alumínio, quer em ferro fundido.

A TRAMEC produz redutores ORTOGONAIS, redutores de EIXOS PARALELOS, redutores EPICICLOIDAIS, redutores PENDULARES, CAIXAS DE DERIVAÇÃO.

Todos estes tipos têm aplicações específicas. Os redutores EPICICLOIDAIS são normalmente indicados quando se procuram sistemas compactos com razões de transmissão elevadas. Mas todos os redutores TRAMEC e VARMEC obedecem aos mais rigorosos controlos, desde o projeto, à seleção das matérias-primas dos componentes e dos lubrificantes, até à montagem final.